Poços é Jazz Festival

Começa essa semana o Poços é Jazz Festival, em Poços de Caldas/MG. Trata-se de um projeto inovador, organizado pela GSC Eventos que promete uma mistura  de Jazz e Literatura, duas das principais características culturais da cidade de Poços de Caldas. Clique no Banner acima para conhecer a programação completa, que é INCRÍVEL! Haverá o “Toque mais Baixo”, encontro de baixistas, shows variados, exposição de livros e discos e um grande espetáculo no Teatro Benigno Gaiga com a Mafiosa Jazz Band.

No evento, participarei de um bate papo literário sobre Blues, Jazz e Poesia com o escritor Luiz Biajoni. Tal mesa será apresentada dia 02/07, a partir das 15:30 no Museu Histórico Geográfico (ao lado da Urca).

Na mesma data, farei um show aberto com os Voodoo Kings (sim, estou de volta aos palcos!) às 19:00 no Bar Taberna Old Time (área externa da Urca). No set list, blues de todas vertentes, de Robert Johnson a Stevie Ray Vaughan e claro, músicas autorais. Ah, aproveitaremos a noite para apresentar o “Blues de Cada Esquina“, que já ganhou melodia!

Dia 03/07, Bruno Felix & Voodoo Kings em mais um show aberto no mesmo local, às 14:00.

 A programação completa e informações sobre ingressos e hospedagem você encontra no site www.pocosejazz.com.br/

Curta e acompanhe as novidades também pelo Facebook: www.facebook.com/pocosejazzfestival

Um abraço, nos vemos lá!

PS: Não se esqueçam de levar agasalhos!!!

CARTAZ BRUNO FELIX - odificado 01

 

Flipoços 2016 – Momento Poético

Acabo de chegar em casa após participar da 11ª Feira Nacional do Livro de Poços de Caldas & Flipoços 2016. Lá, tive a honra de apresentar o Momento Poético ao lado do poeta Maurício Vieira, que atualmente reside em Paris. Em nossa mesa, intitulada Orfeu do Blues – da poesia grega aos menestréis do Mississippi,  traçamos uma linha de conexão entre a lira de Orfeu e a guitarra do delta blues, entre Hades e a Encruzilhada, para enfim chegarmos às nossas principais influências na escrita e finalmente a alguns poemas nossos.

Musicalmente, fomos acompanhados por Lorinho, grande músico Poços-Caldense que tive o prazer de conhecer na ocasião.

Voltei impressionado com a organização do evento, que além de receber a todos com extrema atenção e boa vontade, mantinha tudo fluindo na mais perfeita harmonia: horários da vasta programação cultural seguidos à risca, espaço SESC Flipoçinhos com teatro, contação de estórias para crianças além de outras atividades, palestras master de peso (tivemos a oportunidade de assistir à Monja Coen e aprender muito! – foto) e muitos convidados, editores, escritores, enfim, o prato cheio para bookaholics e afins.

Algumas fotos da apresentação do Orfeu do Blues, você pode conferir clicando na foto abaixo (aproveite e curta a página!):

Obrigado pela visita, e até a próxima!
Abraços poéticos,
Bruno.

Café com Cultura apresenta: Bruno Félix – “Fragmentos em Blues e Poesia”

Neste sábado, dia 30, estarei na Casa da Cultura de São Sebastião do Paraíso/MG falando um pouco sobre minha música e poesia, das 19:45h às 21h. A Casa da Cultura fica na antiga Estação Ferroviária Mogiana (Avenida Oliveira Rezende), patrimônio histórico e um dos lugares mais charmosos da cidade de São Sebastião do Paraíso.
O evento Café com Cultura é de entrada franca e livre para todos os públicos.
Nos vemos lá!
12632805_935158559901845_2080774809_o

Um pouco sobre a Cigar Box Guitar

Foi o primeiro instrumento de Blind Willie Johnson, ícone do blues.

Popularizou-se durante a grande depressão de 1930, por ser um instrumento de “custo zero”, ou seja, ideal para os bluesmen, que construíam essas guitarras com um braço simples (qualquer pedaço de pau), uma caixa de charutos de madeira e pelo menos uma corda. Assim, era possível “chorar” o blues com uma resposta de guitarra slide, o que ajudou a moldar o gênero musical.
Hoje existem guitarras Cigar Box bem elaboradas, feitas por grandes fabricantes, ou por exímios luthiers.
Construí a minha com uma caixa de charutos “Romeo y Julieta”, um pedaço de jacarandá e três cordas. Optei por colocar trastes, e tarrachas dos modelos mais simples o possível. O resultado, vocês podem conferir no video.

Sigam o canal: https://www.youtube.com/user/brunobluesman

Curtam também a página do Facebook! https://www.facebook.com/brunofelixoficial

Abraços, e até a próxima!!!

Medley: Fred McDowell / Son House

♠Confira esse medley de Fred McDowell e Son House interpretado por Bruno Félix & Voodoo Kings!

♣Check out this medley of Fred McDowell and Son House performed by Bruno Felix & Voodoo Kings!

Bruno Felix & the Voodoo Kings live jam recorded with a single mic. Audio, images and edition by Renan Mandelo (Corujinha Filmes).

Lineup:
Bruno Felix (Vocals, Cigar Box Guitar)
Emerson Martins (Upright Bass)
Mateus Zani ( Drums)
Glauco de Sá (Keyboards)

The song “Back Back Train” was written by Fred McDowell and was first released by Fred McDowell and the Hunter’s Chapel Singers of Como, Miss. in 1964.
“Walking Blues” is a blues standard written by Son House, but made famous by Robert Johnson in 1936.

Facebook page: http://www.facebook.com/brunofelixoficial