Lançamentos agendados!

A Menina e o Equilibrista, meu segundo livro, já tem as datas de lançamento definidas: Dia 19/04, no Unico Lounge Bar em São Sebastião do Paraíso/MG, o lugar mais aconchegante da cidade, ideal para falarmos de coisas amenas como literatura e cheiro de livro novo!

Clicando na imagem abaixo, você será redirecionado para a página do evento, onde constam todas as informações!17390599_270165403440688_1327815085610414834_o.jpg

Na sequência, seguirei para Poços de Caldas, dia 06/05, onde o livro também será apresentado e autografado durante um dos maiores e mais importantes festivais literários do país: o FLIPOÇOS (clique na imagem para visitar o site oficial e conhecer toda a programação, que, como de praxe está incrível):

17798919_1323595027707931_660429760061613917_n.jpg

Nos vemos lá!

Abraços!

Poços é Jazz Festival

Começa essa semana o Poços é Jazz Festival, em Poços de Caldas/MG. Trata-se de um projeto inovador, organizado pela GSC Eventos que promete uma mistura  de Jazz e Literatura, duas das principais características culturais da cidade de Poços de Caldas. Clique no Banner acima para conhecer a programação completa, que é INCRÍVEL! Haverá o “Toque mais Baixo”, encontro de baixistas, shows variados, exposição de livros e discos e um grande espetáculo no Teatro Benigno Gaiga com a Mafiosa Jazz Band.

No evento, participarei de um bate papo literário sobre Blues, Jazz e Poesia com o escritor Luiz Biajoni. Tal mesa será apresentada dia 02/07, a partir das 15:30 no Museu Histórico Geográfico (ao lado da Urca).

Na mesma data, farei um show aberto com os Voodoo Kings (sim, estou de volta aos palcos!) às 19:00 no Bar Taberna Old Time (área externa da Urca). No set list, blues de todas vertentes, de Robert Johnson a Stevie Ray Vaughan e claro, músicas autorais. Ah, aproveitaremos a noite para apresentar o “Blues de Cada Esquina“, que já ganhou melodia!

Dia 03/07, Bruno Felix & Voodoo Kings em mais um show aberto no mesmo local, às 14:00.

 A programação completa e informações sobre ingressos e hospedagem você encontra no site www.pocosejazz.com.br/

Curta e acompanhe as novidades também pelo Facebook: www.facebook.com/pocosejazzfestival

Um abraço, nos vemos lá!

PS: Não se esqueçam de levar agasalhos!!!

CARTAZ BRUNO FELIX - odificado 01

 

Flipoços 2016 – Momento Poético

Acabo de chegar em casa após participar da 11ª Feira Nacional do Livro de Poços de Caldas & Flipoços 2016. Lá, tive a honra de apresentar o Momento Poético ao lado do poeta Maurício Vieira, que atualmente reside em Paris. Em nossa mesa, intitulada Orfeu do Blues – da poesia grega aos menestréis do Mississippi,  traçamos uma linha de conexão entre a lira de Orfeu e a guitarra do delta blues, entre Hades e a Encruzilhada, para enfim chegarmos às nossas principais influências na escrita e finalmente a alguns poemas nossos.

Musicalmente, fomos acompanhados por Lorinho, grande músico Poços-Caldense que tive o prazer de conhecer na ocasião.

Voltei impressionado com a organização do evento, que além de receber a todos com extrema atenção e boa vontade, mantinha tudo fluindo na mais perfeita harmonia: horários da vasta programação cultural seguidos à risca, espaço SESC Flipoçinhos com teatro, contação de estórias para crianças além de outras atividades, palestras master de peso (tivemos a oportunidade de assistir à Monja Coen e aprender muito! – foto) e muitos convidados, editores, escritores, enfim, o prato cheio para bookaholics e afins.

Algumas fotos da apresentação do Orfeu do Blues, você pode conferir clicando na foto abaixo (aproveite e curta a página!):

Obrigado pela visita, e até a próxima!
Abraços poéticos,
Bruno.

Rock in Rua Paraíso 2016

Aconteceu domingo, dia 14 de fevereiro, a sexta (e maior) edição do Rock in Rua Paraíso.

O evento, que começou com uma inocente brincadeira de rua que fiz em 2013 (LINK), veio crescendo a cada edição, sempre sem fins lucrativos e com caráter beneficente. Nessa última edição, ganhei o reconhecimento e apoio da Secretaria de Cultura de São Sebastião do Paraíso, e pude organizar o maior e melhor Rock in Rua que minha pequena cidade já viu.

O som começou a rolar às 13h:30min e se estendeu até o cair da noite, com seis bandas locais, uma banda de Ribeirão Preto/SP, e uma banda de Serrana/SP. Além das oito bandas, contamos com a presença de um grafiteiro e de uma feira de discos de vinil.

Mesmo sendo na rua, sem cobrança de portaria, arrecadamos mais de 110kg de alimentos não perecíveis que foram entregues à LBV daqui, o que fez valer todo o esforço.

Trabalho, muito trabalho. Mas muito gratificante. Stress? Sim, sempre rola um stress que me faz, por vezes, dizer que “esse será o último Rock in Rua que organizo”. Mas não. Apesar de minha cidade não gostar realmente de mim, eu sei que no fundo eu amo esse lugar. Aqui temos o rock, e temos a rua. Sempre. 12622232_571239389718937_6641506104275806025_o