Um romance a caminho e o poema escrito por um personagem.

Bom dia pessoal!

Estou passando por aqui rapidinho apenas para justificar a minha ausência temporária no blog e nas redes sociais: Estou trabalhando em um livro novo, por isso a falta de tempo de vir postar novidades. Em que pese o avanço dos trabalhos, ainda não tenho previsão da publicação da obra, mas prometo que trarei notícias o mais rápido possível. Ah, dessa vez não será um livro de poesias, será um romance! Não vou revelar nada sobre o tema por enquanto, mas vou deixar um trecho do Capítulo VII, justamente um poema! Que fique entendido, não fui eu quem escreveu esses versos, foi um personagem do livro! E não é um livro de poesias, esse poema foi apenas um “acidente”:

Em vão, entreguei–me à poesia
Pois na tua ausência, não encontrei mais
Aquela alegria de anos atrás
Quando nosso amor era chama que ardia

Escrevo versos inúteis à luz de velas
Velando triste o que ainda me resta
Versos inúteis, lembranças da festa
Que foi nossa vida, memórias singelas

Sequelas gravadas no fundo do peito
Inúteis palavras que teimo escrever
Pois o que a boca não soube dizer
O tempo esmagou suprimindo o efeito

Te amo, te amei e não soube falar
Não vi que por silenciar te perdia
Enfim, sem você morro dia após dia
Na minha inútil loucura de amar.

                      – – – –

Bom, por enquanto é isso, e, assim que minha rotina se estabilizar, voltarei a postar semanalmente!

Abraços a todos!

Bruno Félix

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s